Pelo mundo

Roberto Benedito dos Santos (69), bancário aposentado e Cristina Maria Rodrigues Lázaro dos Santos (63), professora estadual aposentada, de Lucélia (SP), escolheram desbravar o mundo.

Juntos, Roberto e Cristina fazem da possibilidade de viajar um encontro com diferentes culturas, povos e costumes, e carregam na bagagem uma coleção de memórias para toda a vida, e que fazem valer a pena cada quilômetro percorrido, nos ares, nos mares e sob o chão.

Casados há 44 anos e viajando desde então, Roberto e Cristina têm quatro filhos: Juliano (43), Gustavo (40), Leonardo (38) e Larissa (37). Três netos completam o time Pedro (19), Filippo (9) e Lucca (8). Com os filhos criados, intensificaram a rotina de viagens iniciada há mais de quatro décadas.
Roberto e Cristina explicam que ao longo desses 44 anos dividem as viagens com um casal de amigos, Rubens e Edne. Antes eram só os dois casais, depois foram surgindo os filhos, e todos seguiam viagem, rumo a variados destinos, sobretudo o litoral paulista e catarinense. Roberto e Cristina com os quatro filhos e o casal amigo com mais dois filhos.

Ao todo, dez pessoas.
Com os filhos já crescidos e estudando fora, espontaneamente surgiu o desejo de ir mais longe. E o primeiro destino que desejavam alcançar era a Europa. “Porém tudo não passava de um sonho. Ainda tínhamos muitas despesas com o estudo dos filhos e não havia possibilidade de custearmos uma viagem dessas”, recordam.

Em 1999, com melhor situação financeira, Roberto e Cristina contrataram um pacote turístico para a Europa de 21 dias, e ao longo de três semanas, tiveram a oportunidade de conhecer a Espanha, França, Alemanha, Itália, Alemanha, Suiça e Luxemburgo. “Após o término do tour, abrimos nosso retorno para permanecer uns dias em Lyon, onde o casal de amigos tinha uma filha por lá fazendo intercâmbio. Ficamos encantados e a partir daí começamos a programar nossas próximas viagens”, destacam.

Hoje, Roberto e Cristina carimbam juntos seus passaportes, como saldo das viagens que permitiu conhecerem 51 países. Viajaram por quase toda a Europa e Escandinávia, passaram pela República Tcheca, Hungria, Eslovênia, Croácia, Romênia, Bulgária, Sérvia, Cuba, Panamá, Rússia, Turquia, Dubai, Qatar, Grécia, Tailândia, Japão, China, Hong Kong, Taiwan, Vietnam, Singapura, Argentina e Chile (Lagos Andinos).

O casal explica que cada viagem tem uma característica própria, em torno dos costumes locais, língua, clima e regiões geográficas. “Empolgamo-nos com todas”, dizem. “Mas a que mais nos marcou certamente foi a primeira viagem à Europa, pelo fato de ser realizado um grande sonho e pelo fato de conhecer lugares maravilhosos como Madri, Barcelona, Paris, Mônaco, Veneza, Frankfurt, Roma, Capri, Pompéia e outros”, relembram.
A mais recente viagem foi um tour prolongado na Itália, onde ficaram de abril a maio deste ano.

“Empolgamo-nos com todas”, dizem. “Mas a que mais nos marcou certamente foi a primeira viagem à Europa, pelo fato de ser realizado um grande sonho e pelo fato de conhecer lugares maravilhosos como Madri, Barcelona, Paris, Mônaco, Veneza, Frankfurt, Roma, Capri, Pompéia e outros”, relembram.

Preparação das viagens
O roteiro da próxima viagem começa com uma troca de ideias entre o casal. Nessa fase, pesquisam os principais pontos que desejam conhecer de um lugar, e estudam o histórico de climas e intempéries, com o objetivo de saber o melhor período para a viagem. Já em terras estrangeiras, mundo afora – através de conversas informais – procuram descobrir pontos de interesses que não haviam sido programados e se aventuram a partir das novas oportunidades que se abrem.

Definidos os países, seguem o roteiro padrão de qualquer viajante: adquirem as principais passagens aéreas e as reservas em hotéis são feitas mediante pesquisa de preços, avaliações disponíveis na internet e referências de amigos. Em consenso, contratam os serviços de hospedagem, aéreas e traslados, e incluem sempre um cruzeiro de navio nos passeios. “Isso nos possibilita conhecer mais lugares, ficando confortavelmente hospedados”, ensinam.

Um mês antes da viagem, com toda a organização já definida, começam a arrumar as malas, separando roupas adequadas, calçados, medicamentos, e sempre adquirem um seguro-viagem para todo o período que estão fora do Brasil.
Mesmo com todo esse nível de organização, decorrente sobretudo do volume de viagens, Roberto e Cristina revelam que imprevistos sempre ocorrem. “Não por pacotes turísticos, onde tudo já é planejado, pois nossas viagens são montadas de acordo com nossos interesses”, explicam. Entre os imprevistos que citam, estão os voos cancelados, conexões remarcadas, a utilização de trens com conexões, além de situações em que se faz necessário improvisar meios de locomoção como aluguéis de carros e vans para traslado. “Mas sempre temos superado tudo isso”, revelam.

Com muitos quilômetros rodados e depois de conhecer tantos lugares, hoje o casal procura definir regiões ainda não conhecidas e verificam possíveis associações com outros lugares diferentes, próximos e possíveis. E como destinos dos sonhos, pretendem viajar para os Estados Unidos, Canadá, Alaska, Terra Santa e Egito.

Sem comentários

Responder

Seu email não ficará visível.

vox@gimpacto.com.br - 18 3522 1199 - Rua Euclides da Cunha, 4 - Centro, Adamantina - SP – CEP 17800-000